Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Aceitar

Renda Fixa

LCA - Tudo que você precisa saber antes de investir

Lorenzo Frazzon, CNPI
Escrito por Lorenzo Frazzon, CNPI em 27 de maio de 2021
Junte-se a mais de 1.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Tanto as Letras de Crédito do Agronegócio (LCA) quanto as Letras de Crédito Imobiliário (LCI) são investimentos de renda fixa isentos do imposto de renda. Por este motivo, se tornaram uma verdadeira febre nos últimos anos.

Além disso, esse tipo de investimento costuma garantir retornos maiores que o da caderneta de poupança e o que é melhor, com a mesma segurança.

As Letras de Crédito do Agronegócio são muito parecidas com os CDBs, onde você está “emprestando” dinheiro para uma instituição financeira e receberá uma remuneração em troca durante o período em que mantiver os seus recursos aplicados.

Tudo que você precisa saber antes de investir na LCA está neste artigo! Boa leitura!

O que é a Letra de Crédito do Agronegócio?

As Letras de Crédito do Agronegócio são títulos de renda fixa de curto prazo usados para captar recursos para financiar o setor de agronegócio, seja diretamente para produtores rurais ou para cooperativas.

O objetivo deste investimento é financiar as atividades vinculadas com a produção, comercialização, beneficiamento ou industrialização de produtos ou insumos agropecuários. Assim, ao comprar títulos da LCA você está emprestando seu dinheiro ao banco e recebendo uma remuneração por isso. O banco, por sua vez, empresta o dinheiro aos produtores rurais ou cooperativas baseado em direitos de crédito.

Tipos de rentabilidade da Letra de Crédito do Agronegócio

Tanto as Letras de Crédito do Agronegócio quanto as Letras de Crédito Imobiliário possuem uma lógica semelhante de remuneração para os investidores:

  • prefixadas: onde a taxa de juros é definida no momento da aplicação. Dessa forma, você já conseguirá calcular exatamente a remuneração que obterá até o vencimento do investimento;
  • pós-fixadas: a rentabilidade está atrelada a algum indicador financeiro, como o CDI e você só saberá quanto vai receber no final do prazo de investimento. Mesmo assim, é possível ter uma boa ideia de quanto renderá o seu investimento;
  • híbrida ou atrelada à inflação: nesta modalidade, a remuneração tem uma parcela prefixada e outra pós-fixada. Os casos mais comuns são as aplicações que asseguram uma taxa de juros predefinida mais a variação da inflação, medida pelo IPCA ou pelo IGPM.

Como investir em Letra de Crédito do Agronegócio?

Para investir na Letra de Crédito do Agronegócio, assim como outras modalidades de investimentos de renda fixa, você precisa em primeiro lugar procurar uma instituição financeira ou corretora para abrir a sua conta.

O próximo passo é decidir qual o tipo de título faz mais sentido para você. Leve em conta os seus objetivos e o seu perfil como investidor.

Aplicação Mínima

Tanto as LCAs quanto as LCIs possuem um valor mínimo para aplicação, variando conforme o nível de risco e o potencial de retorno de cada opção. É possível encontrar aplicações com um valor mínimo de R$ 5000, mas as LCIs com melhor remuneração partem de R$ 30000 e R$ 50000.

Prazo

O prazo da Letra de Crédito do Agronegócio é conhecido no momento da aplicação. Para este tipo de investimento existem dois tipos de prazo: o de vencimento e o de carência.

O prazo de vencimento é a data que você receberá de volta o valor aplicado acrescido dos juros combinados e varia de acordo com cada instituição financeira. A maioria dos títulos costuma ter vencimento de até 3 anos, mas é possível encontrar Letras de Crédito com prazo de vencimento de 10 anos.

O prazo de carência é o prazo mínimo que o dinheiro deve ficar aplicado para não perder a rentabilidade. No caso das letras de Crédito Imobiliário, o prazo de carência estipulado pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) é de 90 dias.

Assim como nos outros tipos de investimentos de renda fixa, quanto maior for o prazo  da aplicação, maior  será o rendimento oferecido pela corretora ou instituição financeira.

Como este tipo de investimento possui um prazo de carência, só invista nele se você tiver certeza de que não precisará desse recurso antes dos 90 dias estipulados pelo CMN. Caso contrário, você pode perder rentabilidade.

Tributação e Taxas

A parte mais interessante em investir em Letra de Crédito do Agronegócio ou Letra de Crédito Imobiliário é a isenção do imposto de renda. Dessa forma, não há mais nada a ser descontado da sua aplicação e a rentabilidade obtida já é líquida.

Essa é uma das maiores vantagens desse tipo de investimento, pois em outras aplicações de renda fixa, o investidor paga Imposto de Renda seguindo uma tabela regressiva.

Dessa forma, mesmo que a LCA ofereça uma rentabilidade menor que um CDB, ela acaba sendo mais vantajosa para o investidor.

Com todas essas informações sobre as Letras de Crédito do Agronegócio você já pode começar a investir tranquilamente!

Olá amigo investidor!

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *